Como fazer um mix de pulseiras de acordo com o seu estilo?

As pulseiras estão fazendo cada vez mais sucesso no mundo da moda, não é mesmo? Afinal de contas, elas são acessórios que deixam qualquer look mais bonito, desde que sejam combinadas da forma correta, é claro. Independente se for para um passeio durante o dia ou para uma ocasião mais formal, simplesmente não tem como deixar as pulseiras de lado. 

Se você ainda não tem o costume de usar esses acessórios, com certeza é porque nunca experimentou ou porque ainda não sabe qual a melhor forma de usá-los de acordo com o seu estilo e com cada ocasião. Existem várias opções de pulseiras disponíveis no mercado, e isso pode acabar te deixando um pouco confusa. 

Quer aprender a fazer um mix de pulseiras que combine com o seu estilo e que faça bastante sucesso? Então é só continuar acompanhando este conteúdo até o final. 

Veja mais: Como e onde aplicar o perfume Carolina Herrera 212 para torná-lo mais duradouro

Tipos de pulseiras

Em primeiro lugar, para conseguir montar um mix bonito e charmoso, você precisa conhecer os tipos de pulseiras e escolher aqueles que mais combinam com o seu estilo. Existem modelos com ou sem pingentes, mais flexíveis, com pedras, de couro, de corda ou de corrente, braceletes, e assim por diante. 

Ao entrar em uma loja de acessórios, é possível ficar por dentro de todos os estilos disponíveis no mercado. Vale lembrar que eles variam bastante também de acordo com a moda. 

Para te ajudar durante a montagem do seu mix, confira abaixo alguns dos estilos principais que existem e veja em qual deles você mais se encaixa. Se for em mais de um, não tem problema. Na verdade é ainda melhor, já que será possível montar mais de um mix! 

Estilo ousado

Quem é ousada, como o próprio nome já diz, não tem medo de arriscar. Nesse caso, o ideal é misturar pulseiras de diferentes formatos e tamanhos, sempre tomando cuidado com as cores. Os tons precisam ficar harmonizados com as cores da roupa e entre si também. 

Estilo dark

Considera o seu estilo mais gótico, porque gosta de se vestir com roupas escuras? Então nesse contexto o melhor mix de pulseiras é composto por acessórios prateados e com pedras escuras também. Aqui é possível misturar pulseiras finas com aquelas mais grossas, e até mesmo colocar um relógio. 

Saiba mais: https://authentic-store.net/t-shirts-masculinas/

Estilo romântica

Já para quem possui o estilo romântico, o ideal é usar pulseiras com pedrinhas pequenas e aquelas que são mais delicadas. As folheadas com pingentes em ouro ou em prata também são uma excelente opção, tudo fica a sua escolha. 

Sendo assim, esses são os principais estilos que existem. Em qual o seu se encaixa melhor? Pense nisso antes de montar o seu mix de pulseiras. Depois, definido o estilo, na hora de montar você pode usar a sua criatividade e os seus gostos pessoais também. 

Apenas não se esqueça de pensar nos tons, certo? Caso contrário, o seu braço não ficará nada charmoso. Portanto, veja a roupa que está usando e depois confira se as pulseiras escolhidas estão compondo o look da melhor forma possível. Se achar que não, troque as pulseiras ou a roupa! 

Planejamento de Viagens: 9 Dicas Essenciais

Viagens são uma parte importante da vida. Tirar uma folga atualizará e restaurará sua mente, permitindo que você volte ao trabalho/escola/faculdade com a cabeça limpa, pronto para enfrentar o que está por vir. 

Se já faz um tempo desde que você planejou alguma viagem ou deseja ver apenas algumas dicas para aproveitar ao máximo o tempo que tira de folga, a seguir você irá conferir ótimos conselhos!

Dica 1: Onde você quer ir? 

Seu primeiro passo para começar a planejar uma viagem  é escolher um destino de viagem que atenda aos seus interesses e orçamento de viagem.

De maneira geral, a ideia de fazer uma viagem é para se ter um tempo memorável, divertir-se e relaxar, e não passar o tempo todo se preocupando com dinheiro ou outras questões como trabalho.

Dica 2: Quanto tempo você tem?

Se você tiver somente uma ou duas semanas de férias por ano, não perca muito tempo tentando viajar para vários lugares, pois você pode acabar não aproveitando nenhum deles de fato. Planeje sua viagem de acordo.

Agora se você tiver de três ou mais semanas para viajar, você poderá fazer uma viagem ao exterior ou viajar mais dentro do seu país de origem e conhecê-lo muito bem!

Dica 3: Com quem você vai viajar?

Ao planejar sua viagem, suas opções de destino podem ser afetadas por seus companheiros de viagem.

Você vai viajar sozinho, em casal , ou tirar férias com a família?

Sente-se com outros membros do seu grupo de viagem e discuta ideias e interesses. Viagens memoráveis ​​são aquelas em que cada membro experimenta algo que ama.

Não deixe que uma pessoa tome todas as decisões. 

Dica 4: Que tipo de experiências você gosta?

Para ter uma viagem incrível, escolha um destino que permita ter experiências que você gosta.

Você gosta:

  • Relaxamento ou aventura;
  • Verão ou inverno;
  • Praias ou montanhas;
  • Cidades ou campo;
  • Festivais e cultura;
  • Experiência de compras ou comidas;
  • Luxo, médio ou econômico.

Você é o tipo de pessoa que gosta de se sentar à beira da piscina o dia inteiro com um livro? Ou isso seria entediante?

Ao responder a esses tipos de perguntas, você pode restringir sua lista de onde deseja ir para a viagem dos seus sonhos!

Dica 5: Despesas

Estabeleça um orçamento para a sua viagem, começando com a duração da viagem. Considere estas áreas do processo de planejamento:

  • Transporte (para o destino e enquanto estiver lá);
  • Alojamento;
  • Comida;
  • Atividades/entretenimento;
  • Recordações;
  • Outros/Extras (adicione 10% ao orçamento).

Além disso, é importante pensar em um estacionamento aeroporto Guarulhos (caso você seja de São Paulo) para deixar seu veículo em um local de segurança enquanto está viajando. O estacionamento do próprio aeroporto costuma ser mais caro, por isso é uma boa opção escolher um próximo para economizar.

Dica 6: Documentos

Faça duas cópias do seu passaporte e carteira de motorista, deixando uma com um familiar/amigo e a outra em uma das suas malas. 

Além disso, tirar fotos de cada documento e armazená-los em seu smartphone também é uma ótima idéia. 

Ter cópias desses documentos em viagens pode evitar muitas dores de cabeça desnecessárias, caso sejam perdidos ou roubados. 

Dica 7: Monitoramento

Acompanhe suas reservas, confirmações e recibos. O download e o uso de aplicativos em seu smartphone ajudam a garantir uma viagem tranquila. 

Por exemplo, há aplicativos que rastreiam suas reservas e confirmações e é acessível mesmo quando você está offline. O Evernote rastreia informações e recibos importantes de viagens. Ambos os aplicativos disponibilizam informações vitais com apenas poucos cliques.

Dica 8: Somente o essencial

Leve somente o essencial; tudo o mais provavelmente que será usado. 90% dos viajantes usam apenas 40% das coisas que levam em uma viagem. 

E itens desnecessários podem levar a taxas extras de bagagem e frustração extrema. Além disso, uma dica extra: organizadores e sacos são uma ótima maneira de ajudar a manter as coisas organizadas.

Dica 9: Primeiros socorros

Leve um kit básico de primeiros socorros para pequenos cortes, picadas e inflamações. 

Ter acesso a alguns suprimentos médicos pode ser a diferença entre dor e prazer. Boas escolhas são aspirina, descongestionante, pinça, ataduras, tampões para os ouvidos e alguns anti-sépticos.

Saiba como é possível diminuir o risco de câncer através da alimentação

Caso ainda não saiba, as células cancerígenas precisam de alguns nutrientes para viver. É exatamente por isso que os tumores sequestram vitaminas, minerais e aminoácidos, incluindo a metionina, da sua dieta para se alimentarem da melhor forma possível. A boa notícia é que você pode usar essas novas informações para diminuir o risco de câncer. 

Confira também: https://blog.ligadasaude.com.br/como-reverter-diabetes-tipo-2-naturalmente/

Continue lendo este artigo para descobrir como a metionina – um aminoácido muito importante – e os tumores podem trabalhar juntos e, com isso, saiba de fato o que comer para não dar às células cancerígenas aquilo que elas precisam para sobreviver. 

O que é metionina?

Como já explicado antes, a metionina é um aminoácido essencial, o que significa que seu corpo não é capaz de produzir, ou seja, você precisa obtê-lo por meio de alguns alimentos em específico. Geralmente, esse aminoácido é encontrado em carnes e em outros produtos de origem animal. Em fontes vegetais de proteína, a metionina é encontrada em menor quantidade.

As principais funções desse aminoácido dentro do corpo são:

  • Produzir proteína para o corpo, quando combinado com outros aminoácidos;
  • Ser precursor da glutationa, um dos principais antioxidantes do seu corpo;
  • Ajudar a formar compostos capazes de garantir uma divisão celular saudável;
  • Auxiliar na replicação do DNA – lembre-se de que a replicação defeituosa pode levar a tumores. 

Leia mais: Como curar diabetes 2

Dependência da metionina e tumores

O grande problema é que os tumores dependem diretamente da metionina para crescer. Ainda na década de 70, alguns pesquisadores descobriram que os tumores não crescem na ausência de metionina. Desde então, esse fenômeno é conhecido como dependeria da metionina. 

De forma geral, as células cancerígenas precisam de mais metionina para se desenvolver do que as células saudáveis. Com isso, os radiologistas usam essa noção para obter uma grande vantagem. Eles injetam metionina radioativa nos pacientes para saber ao certo o tamanho e a localização dos tumores cerebrais e para entender também como as células do tumor devoram esse aminoácido. 

O que torna isso promissor para o tratamento do câncer é que as células normais e saudáveis ​​não são dependentes de metionina – apenas as células tumorais precisam da metionina para sobreviver. Dessa forma, quando não há metionina suficiente, as células saudáveis ​​obtêm o que precisam de outro aminoácido chamado homocisteína. 

Por sua vez, as células cancerígenas, especialmente as que são altamente dependentes de metionina para crescer, não podem usar homocisteína para atender às suas necessidades de metionina e morrerão quando não houver o suficiente. 

Alimentação com baixo teor de metionina

Independente se você tem câncer ou não, fique sabendo que irá se beneficiar bastante com a redução dos níveis de metionina. Sendo assim, é importante ter em mente que os alimentos que possuem altos níveis desse aminoácido são: ovos, peixes, carnes vermelhas, laticínios, entre outros. 

Você também pode gostar: 12 Maneiras de como curar diabetes de forma natural

Para reduzir sua metionina, portanto, basta ficar de olho em suas porções de carne. Cubra a maioria do seu prato sempre com legumes e adicione apenas uma porção de carne, independente de qual seja ela. Apenas ao fazer isso você já estará reduzindo e muito o risco de câncer através da alimentação. O que está esperando? Comece essas mudanças agora mesmo.